Regência: responder - Português na Rede

Regência: responder

De acordo com os dicionários, o verbo "responder" tem as seguintes regências:

a) Transitivo direto quando o complemento é a resposta: "Ele respondeu que não é contra a CPMF".

b) Transitivo indireto com a preposição "a" quando significa dar resposta a alguém ou a alguma coisa: "Respondeu ao ministro em tom agressivo"; "Os estudantes terão três horas para responder às questões de português e matemática"; "Haverá tempo para responder ao restante dos testes"; "Acusado responderá a processo na OAB e pode ser cassado"; "Ele respondeu à pergunta rapidamente".

c) Significando dar resposta a alguém ou a alguma coisa, "responder" pode também ser intransitivo: "Eu a chamei, mas ela não respondeu"; "O réu não ergueu os olhos nem respondeu".

d) Transitivo indireto com a preposição "por" quando significa responsabilizar-se: "Todo cidadão responde pelos seus atos"; "Parecia que outro personagem respondia por ele, a fim de deixá-lo à vontade".

e) Transitivo direto e indireto quando há dois complementos: "Respondeu ao ministro que é contra a CPMF"; "O deputado respondeu aos jornalistas que não aceitava a acusação"; "Ele responderá o que quiser ao público"; "Respondeu-lhes que aceitava a proposta".

2 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom.

José Marcos disse...

Parabéns pelo blogue. Estava procurando na Internet informações sobre a regência verbal do verbo "responder" e fiquei muito satisfeito com a profundidade com que o tema foi tratado nessa página eletrônica, além de ter sido abordado de forma muito didática. Muito obrigado pelos esclarecimentos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...