Interrogativas diretas e indiretas - Português na Rede

Interrogativas diretas e indiretas

Nem sempre uma frase interrogativa é encerrada com o ponto de interrogação.

Entenda: há dois tipos de frases interrogativas, as diretas e as indiretas.

As interrogativas diretas se caracterizam pela entonação crescente e por começarem, quase sempre, com vocábulos interrogativos (por que, quem, onde, quantos).

Nestas o ponto de interrogação (?) é obrigatório.

Exemplos:

Por que você faltou?
Onde mora sua irmã?
Quantos filhos você tem?
Quem fez o trabalho?

As interrogativas indiretas se caracterizam pela entonação decrescente e por não começarem com vocábulos interrogativos.

Nestas não há ponto de interrogação.

Exemplos:

Eu perguntei a ele qual o motivo da falta.
Quero saber onde sua irmã mora.
Informe-nos quantos filhos você tem.
Diga quem é você.

No desafio abaixo, veremos se você assimilou este assunto.

» DESAFIO

Qual a opção corretamente pontuada?

a) Quem diria que o Brasil um dia emprestaria dinheiro ao FMI.
b) Quem diria que o Brasil um dia emprestaria dinheiro ao FMI?

» RESPOSTA

Pela entoação crescente e por começar com vocábulo interrogativo, a frase é uma interrogativa direta e, assim sendo, termina com ponto de interrogação:

Quem diria que o Brasil um dia emprestaria dinheiro ao FMI?

5 comentários:

Helder disse...

Opção b!

K disse...

Olá!
Adorei o seu blog. Sou recém formada e estou començando a dar aulas agora e espero que possa tirar algumas dúvidas aqui! rsrs

Beijos

Mel de Cajá disse...

Resposta - Opção b).

Que bom que o desafio voltou.
E num formato ainda melhor !

Obrigada,
Bom fim de semana.

Laércio Lutibergue disse...

Helder, K e Mel de Cajá:

Obrigado pela participação.

Saúde e paz!

tecnovideo disse...

adorei a sua postagem estava precisando desta pesquisa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...