DESPERCEBIDO x DESAPERCEBIDO - Português na Rede

DESPERCEBIDO x DESAPERCEBIDO

Hoje os dicionários dizem que "despercebido" e "desapercebido" são palavras sinônimas.


Mas a rigor há diferença entre elas.


DESPERCEBIDO é mais bem empregada com o sentido de "o que não é percebido": "O fato passou despercebido"; "Não passaram despercebidos os cartazes do governo"; "O ex-ministro destacou que o Brasil enfrenta a crise global com ferramentas que quase são despercebidas".


DESAPERCEBIDO é mais bem empregada com o sentido de "o que é desprovido, desprevenido": "O Ministério da Educação está desapercebido de recursos"; "O futebol está desapercebido de craques"; "Seu discurso estava desapercebido de ideias".

10 comentários:

Yuri disse...

Amigo,

Não precisa publicar este comentário.

Estava lendo o blog, como sempre faço, e vi que, no último texto, na explicação do uso do vocábulo "despercebido", você deu como exemplo isto: "Não passaram desapercebidos os cartazes do governo".

Na digitação surgiu, pois, um "a".

Abração!

Laércio Lutibergue disse...

Obrigado, amigo!

Já foi corrigido!

Abraço!

Rafael Sant´Ana disse...

Ótima explicação e exemplos!

Obrigado,

Rafael Sant´Ana

Rafael Sant´Ana disse...

Ótima explicação e exemplos!

Obrigado,

Rafael Sant´Ana

Douglas disse...

Mas como fica isso? O correto é que não sejam sinônimas, mas os dicionários aceitam como tal.

Como podemos ter certeza disso?

E pq os dicionários (aliás, nosso idioma) aceitam tantas palavras erradas por causa do uso já consagrado?

Laércio Lutibergue disse...

Prezado Douglas:

Devemos sempre consultar várias fontes para solidificar um conhecimento.

Quanto à sua pergunta, os dicionários não formulam regras; eles apenas registram os usos dos agentes que formam e transformam a língua diariamente, ou seja, as pessoas.

Abraço.

Blog da Cidadã repórter - Maria Helena disse...

Olá Professor Laércio Lutibergue, parabéns por este importante espaço de sabedoria. Nada melhor do que escrever a nossa língua corretamente. Quem quiser, pode me chamar de "cafona", "antiga" e outros adjetivos, não me preocupo com bobagens. Sempre vou procurar tirar dúvidas gramaticais aqui, ali ou acolá. Grande abraço para todos. Deus os abençoe poderosamente! Maria Helena do Nascimento/Cidadã repórter // maria.helena.nascimento@oi.com.br

Laércio Lutibergue disse...

Obrigado pela mensagem, Maria Helena.

Saúde e paz!

Flávio Santos disse...

Parabéns pelo trabalho eobrigado por tirar minha dúvida Professor Laércio, no entanto, acho que essa palavra "desapercebido" não foi bem empregada nestes exemplos que você colocou. Pois, quando você cita: "O Ministério da Educação está desapercebido de recursos". Na minha concepção, entendo que o MEC está sem dinheiro, de fato. Mas acho que a concepção correta, é que o MEC não sabe onde obter recursos.
Posso estar errado, mas assim é como penso.

Grande abraço,

Flávio Santos

Hugo disse...

Só sei que desapercebido usado como despercebido dói meus ouvidos talvez pelo costume de ouvir a forma correta, desapercebido para mim seria quase divagando ou entretido.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...