MANDA-CHUVA ou MANDACHUVA? - Português na Rede

MANDA-CHUVA ou MANDACHUVA?

Depois da reforma, passou a ser “mandachuva”, sem hífen.

Está no mesmo caso de “paraquedas”, ou seja, das palavras que perderam o hífen porque, segundo os elaboradores do acordo ortográfico, não existe mais nelas a noção de composição.

3 comentários:

diana disse...

gostei do "segundo os elaboradores do acordo ortográfico", pois mostra que é uma decisão arbitrária.
Para mim, para-lama e para-choque por exemplo também perderam a noção de composição.

mas como eu não mando nada...rsss

weleni aga disse...

para-lama e para-choque não podem ter perdido a noção de composição, pois para, do verbo parar e lama (substantivo) tem-se a noção de algo que para a lama, enquanto para-choque tem-se a noção de algo que para choques ué. Já no caso da palavra paraquedas, apesar de termos uma ideia de algo que para a queda, na verdade precisamos olhar em volta das palavras paraquedista e paraquedismo, e veremos que em nosso idioma não existem as palavras quedismo ou quedista, portanto a noção se perde e aglutinamos a palavra pára-quedista para paraquedista, já a palavra pára-quedas foi aglutinada para paraquedas por analogia.

weleni aga disse...

para-lama e para-choque não podem ter perdido a noção de composição, pois para, do verbo parar e lama (substantivo) tem-se a noção de algo que para a lama, enquanto para-choque tem-se a noção de algo que para choques ué. Já no caso da palavra paraquedas, apesar de termos uma ideia de algo que para a queda, na verdade precisamos olhar em volta das palavras paraquedista e paraquedismo, e veremos que em nosso idioma não existem as palavras quedismo ou quedista, portanto a noção se perde e aglutinamos a palavra pára-quedista para paraquedista, já a palavra pára-quedas foi aglutinada para paraquedas por analogia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...