A POLÊMICA DE "TWITTAR" (2) - RESPOSTA A JUSSARA E A YURI - Português na Rede

A POLÊMICA DE "TWITTAR" (2) - RESPOSTA A JUSSARA E A YURI

Caros leitores, eis minha opinião a respeito do que pensam Jussara e Yuri.


Jussara, que defende o uso de"piar", parte da premissa de que “twitter” em inglês significa “chilrear”, “piar”.

Jussara estaria certa se a referência primeira de “twittar” fosse o verbo inglês “to twitter”.

Mas não é.

A referência desse neoverbo é o nome próprio Twitter, o microblog que é o mais recente fenômeno da internet.

Tanto que muitos twitteiros nem sabem o significado da palavra “twitter”.

O que prova que o twittar que está sendo usado se associa mais à ideia de “pequeno texto publicado no Twitter”, e não a “piar”.

Yuri, que é defensor de "tuitar", tem razão ao considerar anormal a forma "twittar".

Ocorre, amigo Yuri, que a língua é grávida de aberrações.

O plural "gols", as palavras "déficit" e "superávit" e os hibridismos "camelódromo" e "sambódromo" servem-nos como exemplos dessas aberrações.

Assim, por mais anormal que seja, "twittar" é uma forma abonada pela ortografia oficial, e isso é relevante.

Ademais, existe a vontade do povo.

Sabemos que, para muitos, a voz do povo não é vox dei (voz de Deus), e sim vox humbug (voz da tapeação).

Mas em língua, os fatos provam, é a vontade do povo que prevalece.

E tudo indica que o povo já escolheu "twittar", como mostra o Google, que dá cerca de 1.200.000 para "twittar", quase dez vezes mais que "tuitar".

Encerro o "debate" aqui.

Agora é com o leitor que quiser opinar.

3 comentários:

Anônimo disse...

Excelente colocação mas me parece que no texto do Yuri ele não é contra a forma twittar, apenas propoe tuitar como sendo melhor ou algo assim. as duas conviveriam, pelo que entendi, sendo uma mais aberrante, inclusive com o estranho "tt", que ele até cita, e a outra normal.

Mas valeu pela resposta. Bom debate. Só falta a Jussara.

Abraço do

Ricardo Fernandes.

Laércio Lutibergue disse...

Prezado Ricardo:

Eu não disse que Yuri era contra a forma "twittar", mas que a achava anormal.

E é isso que está no texto dele.

Obrigado mais uma vez pela participação.

Anônimo disse...

prefiro a forma tuitar, embora não twitte rs.
alessandra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...