Aspas e ponto em citação - Português na Rede

Aspas e ponto em citação

Você está escrevendo e resolve pôr uma citação no seu texto.

E essa citação está entre aspas.

Então vem a dúvida: o ponto fica antes ou depois das aspas?
Se já teve essa dúvida, parabéns!

É sinal de que você se preocupa com todos os detalhes de seu texto e sabe que é importante a padronização dele.

Temos esse mesmo entendimento.

Afinal, é muito ruim para um texto a ausência de regras, a anarquia gráfica.

Por isso, nesta coluna, vamos mostrar como deve ser a pontuação em citações que ficam entre aspas.

Caso 1 – A frase começa e termina com aspas: o ponto fica antes das últimas aspas.

Exemplo:

-“O verdadeiro e o falso são atributos da linguagem, não das coisas.” Com esse pensamento de Thomas Hobbes, a professora iniciou a aula.

Caso 2 – A frase não começa com aspas, mas termina com elas: o ponto fica depois das últimas aspas. Exemplos:

- O prefeito disse que “ainda é cedo para se guiar por pesquisas”.

- A reportagem apurou que o Sport está interessado na contratação de X. Mas, segundo o dirigente Y, “isso não passa de mera especulação”.

- Quando lhe perguntaram sobre o risco de a seleção decepcionar na Copa, o técnico respondeu: “Infelizmente corremos esse risco”.

- O cantor não explicou o atraso e ainda ironizou: “Aqui no Brasil vocês não costumam chegar atrasados aos encontros?”.

Observe o último exemplo.

Veja que o ponto de interrogação ficou antes das aspas e que o ponto final ficou depois.

O mesmo pode ocorrer com as reticências e com o ponto de exclamação que pertencem a uma citação introduzida por dois-pontos.

Modernamente, porém, essa pontuação é vista como opcional, pois já existem autores que defendem o uso de apenas um sinal, o que faz parte da citação:

-O cantor não explicou o atraso e ainda ironizou: “Aqui no Brasil vocês não costumam chegar atrasados aos encontros?"

Compre o novo livro de Laércio Lutibergue AQUI.

5 comentários:

Levi Tavares disse...

Gostei, faço transcrições de notas taquigráficas e sempre me surgia essa dúvida.

Serginho disse...

Otimo! Tirei minha duvida quanto a isso. Agora posso editar meus textos...

Adelane Rodrigues disse...

Olá! Achei ótima a explicação, posso divulgá-la em meu blogue? Darei as referências

Aguinaldo_Normas da ABNT disse...

Boa noite, Laércio: sempre tive essa dúvida. Agora que tenho a explicação passarei a fazer uso dessa "dica" em meus serviços de formatação de monografia. Adorei!
Disseminarei na minha fanpage citando a fonte.
Abraços.

Cleydson Serra disse...

Excelente explicação. Sanou as minhas dúvidas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...