O novo alfabeto da língua portuguesa e o uso das letras K, W e Y - Português na Rede

O novo alfabeto da língua portuguesa e o uso das letras K, W e Y

Com o novo acordo ortográfico, as letras K, W e Y, eliminadas pela reforma de 1943, foram reincorporadas, sendo empregadas nos seguintes casos:

a) em nomes de origem estrangeira e seus derivados: Kennedy, Darwin, Byron, kennediense, darwinismo, byroniano;

b) em siglas, símbolos e unidades de medida de uso internacional: KLM, TWA, K (potássio), km (quilômetro), kW (quilowatt);

c) em palavras estrangeiras de uso corrente no português: kart, kit, kung fu, show, web, playboy, playground.

Observação (1): Sempre que possível, deve-se substituir os topônimos estrangeiros por formas vernáculas correspondentes: Nova Iorque, Xangai, Zurique, Pequim, Tóquio.

Observação (2): A posição das letras reincorporadas é esta – o K fica depois do J; o W, depois do V; e o Y é a antepenúltima letra, ou seja, fica antes do Z.

Logo, nosso novo alfabeto é este: A, B, C, D, E, F, G, H, I, J, K, L, M, N, O, P, Q, R, S, T, U, V, W, X, Y e Z.

Se você quer passar num concurso, não pode deixar de ler este LIVRO.

Um comentário:

cadeorevisor disse...

Pergunto-me a diferença entre a ausência dessas letras no alfabeto e a presença delas, sendo usadas somente em palavras estrangeiras. É simples questão de autoestima? Coitadas!

Abraço,

Pablo
Cadê o Revisor?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...