Janeiro 2014 - Português na Rede

Recurso x recursos

A palavra "recurso" não tem o mesmo significado da palavra "recursos".

Ou seja, são duas palavras.

"Recurso", sem "s" no fim, significa invocação de ajuda, de socorro, meios para vencer dificuldades:

Ele está estudando muito para passar e seu único recurso são os livros.

"Recurso", sem "s" no fim, ainda significa "meio para provocar a revisão de uma decisão judicial desfavorável":

O advogado entrou com um recurso no Tribunal de Justiça de São Paulo.

A outra palavra, "recursos", com "s" no fim, significa "aptidões naturais, dons, talentos; meios pecuniários, bens materiais, posses, riquezas, meios de que se pode dispor".

Ou seja, quando houver ideia de dons, de dinheiro, de riqueza, de posses, usa-se sempre "recursos", com "s" no fim:

Ela é linda e tem maravilhosos recursos estéticos.

O bom escritor é possuidor de recursos estilísticos.

O Brasil é um país rico em recursos naturais.

O Ministério da Educação investe mal seus recursos.

A corrupção é a principal causa do desvio de recursos.


Leia Mais ►

Regência: Ele foi socorrido "para" o hospital ou "no" hospital?


Pela norma culta (e pela lógica), pessoas são socorridas "no" hospital.

Portanto, "Ele foi socorrido 'no' hospital".

Se você quer empregar "para", use o particípio de um verbo de movimento, como "levar", que rege as preposições "a" e "para":

"Ele foi levado ao/para o hospital".
Leia Mais ►