Regência verbal

Suceder

O verbo “suceder” não rege objeto direto: uma pessoa ou coisa sempre sucede a outra. Como “suceder” não rege objeto direto, não existe a forma “o sucederá”, mas sim “lhe sucederá”. Exemplo: “O candidato que lhe sucederá, seja republicano ou democrata…”

Extorquir

Extorquimos alguma coisa de alguém. Isto é, no português-padrão, o objeto direto desse verbo só pode ser coisas, e não pessoas. Exemplo: “Policiais são acusados de extorquir dinheiro do bando de Abadía”.

Observação: Fique atento à conjugação de extorquir, pois se trata de verbo defectivo. Isto é, ele só tem as formas em que ao encontro “qu-” se seguem as vogais E ou I. Logo, nada de "eu extorco" ou "ela extorca".

Obedecer

No português-padrão, “obedecer” rege objeto indireto: obedece-se a alguém ou a algo. Exemplo: “A distribuição dos outros componentes dos grupos obedecerá à seguinte ordem…”

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top