SE NÃO ou SENÃO?

SE NÃO, em duas palavras, equivale a “caso não” e “quando não”:

Se não chover (caso não chova), irei ao zôo.
Vamos vacinar 90% das crianças, se não (quando não) todas.
Um campo de batalha, um acampamento precário e centenas, se não (quando não) milhares, de centuriões.
Se não (caso não) fosse ele, esta região seria um imenso deserto.
Referia-se a um dos primeiros, se não (caso não) o primeiro, jornais alternativos dos anos 60.

SENÃO, numa só palavra, pode ser substituído por “caso contrário”, “a não ser”, “mas” e “mas sim”:

Ande logo, senão (caso contrário) chegaremos tarde.
Não fiz isso para irritá-lo, senão (mas) para motivá-lo.
Não víamos na época outra opção, senão (a não ser) construir o viaduto.

SENÃO pode ser também substantivo, caso em que significa “defeito”, “falha”:

Não há sequer um senão naquele vestido.
Seus muitos senões atrapalham-no.
Só existe um senão no estádio, a pequena capacidade.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top