SE O RELATOR REVER SUA POSIÇÃO ou SE O RELATOR REVIR SUA POSIÇÃO?

O certo é “Se o relator revir sua posição”.

Ocorre que o verbo “rever” no futuro do subjuntivo, precedido de “se” ou “quando”, tem a forma “revir”.

Por isso, “Se eu revir meu irmão…” (e não “Se eu rever meu irmão…”); “Quando ele revir o texto…” (e não “Quando ele rever o texto…”); “Se nós revirmos o trabalho antes…” ( e não “Se nós revermos o trabalho antes…”).

Olho vivo! O verbo “ver” e seus derivados (“rever” é um deles) conjugam-se da mesma forma: “se eu vir”, “quando eu previr”, “se ela antevir”.

Exceção: “prover” (“se eu prover”, “quando ele prover”, “se nós provermos”).

Postado por
Laércio Lutibergue

às
05:19

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top