Especial: Palavras do Natal

Preparamos uma postagem especial para celebrar o dia em que o mundo cristão comemora o nascimento de Jesus.

Para começar, apresentamos a origem de alguns termos relativos à data.

Natal – Para os romanos, Natal era o deus que dava assistência às pessoas no momento do nascimento delas.
Foi do nome desse deus que veio o latim "natale", origem da palavra "natal", que significa "nascimento" e, entre outras acepções, nomeia a mais importante data do calendário cristão.

Presépio – Veio do latim "praesepium", o mesmo que "curral, estrebaria". O significado original foi praticamente esquecido e hoje a palavra é mais empregada para designar a representação, geralmente em miniatura, da cena do nascimento do Menino Jesus.

Panetone – Provém do italiano "panettone". Por trás de sua origem, há muitas lendas, como a de que "panetone" viria de "pane tonico" (pão tônico, fortificante) ou a de que o nome seria uma homenagem ao inventor do pão, um tal de Toni, por isso "panetone", isto é, "pane di Toni". 

Papai Noel – O "Papai Noel" dos brasileiros foi importado do francês "Père Noël" (Pai Natal). Os portugueses não fizeram essa importação e dizem "Pai Natal". Os ingleses têm o "Father Christmas". Os canadenses que falam inglês e os americanos pedem presentes a "Santa Claus", cuja origem é o holandês "Sinterklaas", "São Nicolau" em português. Nicolau foi um bispo que viveu na Turquia no século 4.º e, por ser bondoso e gostar de dar presentes, deu origem a essa história de "Papai Noel", alegre para as crianças que ganham presentes e triste para as que não ganham. 

Ainda em ritmo natalino, agora vamos esclarecer a grafia de algumas palavras  da época.  

Árvore-de-natal x árvore de Natal

Com hífen, é árvore da família das pináceas (pinheiros) que fornece matéria-prima para a indústria de papel.

Sem hífen, é o pinheiro artificial que enfeita nossa casa no período natalino. E pode ser também pessoa que se veste com joias e roupas exageradamente berrantes. 

Papai Noel x papai-noel 

"Papai Noel", sem hífen e iniciais maiúsculas, é o personagem: "Papai Noel mora no Polo Norte", “Comércio vai contratar mais Papais Noéis este ano”. 

"Papai-noel”, com hífen e iniciais minúsculas, é um presente de Natal: "O papai-noel do meu filho será uma bicicleta".

Perú ou peru? 

As oxítonas terminadas em "u' não levam acento. Por isso, "angu", "Aracaju", "Gaibu", "timbu" e "peru".

Uma curiosidade: a ave peru não é originária, como se pode pensar, do país Peru, e sim do México e do sul dos Estados Unidos.

Mas existe uma explicação para seu nome. No século 16, os portugueses chamavam a América espanhola de Peru, pois este era, depois do Brasil, graças à fama do Império Inca, a região do Novo Mundo mais conhecida em Portugal.

Foi por isso que, ao chegar ao país europeu, procedente do México, a ave recebeu o nome de "peru".  

Para fechar este especial, um desafio natalino:

» O nome “Papai Noel” está corretamente flexionado na frase:

a) Os Papai Noéis do Nordeste sofrem com o calor.

b) Os Papais Noéis do Nordeste sofrem com o calor.

c) Os Papais Noel do Nordeste sofrem com o calor. 

Resposta do desafio 

O plural de “Papai Noel” é “Papais Noéis”, ou seja, variam os dois elementos. Logo, a opção certa é a letra “b”.   

E um feliz Natal para todos!

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top