PÁRA-QUEDAS, PARA-QUEDAS ou PARAQUEDAS?

O novo acordo ortográfio extinguiu o acento diferencial da forma verbal "para", terceira pessoa do presente do indicativo de "parar".

E estabeleceu a grafia sem hífen no caso de "paraquedas" e derivados, como "paraquedismo" e "paraquedista".

Mas a grafia sem hífen vale apenas para a família "paraquedas".

Nos demais compostos com "para", o hífen foi preservado:para-brisa, para-choque, para-lama, para-raios.

Em tempo – As palavras "parapeito" e "parapente" sempre foram grafadas assim, sem hífen, pois não se formaram no nosso idioma: a primeira vem do italiano "parapetto", literalmente "parar, proteger o peito"; ao passo que a segunda vem do francês "parapente", uma composição em que entram os elementos "para" de "parachute" (paraquedas) e "pente" (colina, morro).

Esta  postagem é um oferecimento de 5  Diretos – mais do que um perfume, um grande negócio. Clique aqui e conheça.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top