Hum ou um?

Muitas pessoas, ao escreverem o número 1 por
extenso num cheque, grafam “hum” em vez de “um”. É certo isso?

Trata-se de um recurso para evitar a transformação,
principalmente em cheques, de “um” em “cem”. Comprove isso escrevendo “um” à
mão. Veja que, mexendo no tracinho esquerdo do “u”, dá para
transformá-lo em “e”. Depois, basta antepor “c” ao adulterado “e”, que era
“u”, e a transformação de “um” em “cem” estará finalizada.

É por isso que, em cheques preenchidos à mão, a
grafia “hum” é compreensível. Mas só nesta condição. Fora dela, escrever “hum”
em textos digitados/datilografados (textos de livros, revistas, jornais) não
faz sentido. É erro ortográfico do mesmo tope de “hamor”.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top