Precisam-se de técnicos ou Precisa-se de técnicos?

Grave erro gramatical comete quem diz/escreve “Precisam-se de técnicos”. 

O verbo "precisar" não varia em construções como essa.

É um caso de sujeito indeterminado, que ocorre sempre com verbos transitivos indiretos acompanhados do índice de indeterminação do sujeito "se".

Além do mais, nunca devemos achar que o sujeito de uma oração é um elemento introduzido por preposição, como “de técnicos”.

Isso porque, na língua portuguesa, não existe sujeito preposicionado. 

Assim, em orações como "Necessita-se de motoristas", "Trata-se de reclamações justas" e "Precisa-se de técnicos", o verbo fica no singular porque o sujeito está indeterminado.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top