Autopsia, biotipo, interim e necropsia ou autópsia, biótipo, ínterim e necrópsia?

Prosódia
é a parte da língua que trata da correta pronúncia das palavras.

Erros de prosódia ou, como diria Caetano Veloso, “confusões de
prosódia” são muito comuns.

Pensando nisso, preparamos uma lista
de palavras que geralmente nos confundem, levando-nos ao dito “erro de
prosódia”.

Assim, são palavras proparoxítonas, segundo a norma culta: 

abóbada, aeródromo, aerólito, ágape, álacre, âmago, anátema, antífona,
antífrase, apóstata, aríete, arquétipo, autóctone, autópsia (alguns dicionários registram "autopsia"), azáfama, azêmola, bígamo,
bímano, brâmane, cotilédone, crisântemo, dálmata, écloga, êmbolo,
epíteto, êxodo, fagócito, hégira, ínterim, ímprobo, ínclito, leucócito, lêvedo,
monólito, óbolo, ômega, pântano, périplo, protótipo, quadrúmano, revérbero,
sátrapa, sílfide, sílica, trânsfuga, vermífugo, zéfiro, zênite.

São
paroxítonas:

acórdão, albúmen,
alcácer, algaravia, aljôfar, almíscar, âmbar, ambrosia, austero, avaro, aziago,
azimute, barbárie, batavo, bíceps, busílis, cáften, cânon, caracteres,
cartomancia, celtiberos, ciclope, cível, cizânia, clímax, cóccix, cólon, dândi,
decano, díspar, dólmã, efebo, elétron, enigma, erudito, estalido, estêncil,
estigma, estratégia, exegese, fêmur, filantropo, filatelia, flúor, fórceps,
fortuito, gêiser, glúten, húmus, impudico, inaudito, índex, jângal, látex,
libido, líquen, mercancia, meteorito, mícron, miosótis, misantropo, múnus,
necropsia (alguns dicionários registram "necrópsia"), néctar, nenúfar, nêutron, ônix, opimo, pegada, pênsil, perito,
pletora, pólen, policromo, poliglota, primata, próton, pudico, quiromancia,
recorde, refrega, rubrica, sótão, suéter, têxteis, têxtil, tórax, tulipa,
vésper, vômer.

Observou
que nem “biotipo” nem “biótipo” entraram na lista?

É
porque atualmente as duas formas são aceitas.

A
norma culta prefere “biótipo”.

"Biotipo", porém, é muito mais usual.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top