Português na Rede

Voltamos
a falar de palavras parônimas, aquelas parecidas na grafia, mas diferentes no
significado.

Chegou
a vez de “emigrar” e “imigrar”.

“Emigrar”
significa sair de um lugar para se fixar em outro:

Emigrou
do Brasil para morar nos Estados Unidos.



Emigrou
do Japão, fixando-se em São Paulo.



Estudos
recentes indicam que 220 mil pessoas vão emigrar do Leste Europeu.



“Imigrar”
é entrar num país estranho para nele viver:

Milhões
de italianos imigraram para o Brasil.



Muitos
brasileiros continuam imigrando para os Estados Unidos.



Nascido
em Atenas, o cineasta Costa-Gavras imigrou para a França aos 18 anos.



Isso
dizem os dicionários.

Na
prática, a diferença é a seguinte:

citando-se
o lugar da saída, usa-se “emigrar” – “Emigrou do Brasil para os Estados
Unidos”;

citando-se
o destino, usa-se “imigrar” – “Milhões de italianos imigraram para o Brasil”.

Se,
porém, você quer simplificar a sua vida, use “migrar”, que pode substituir
tanto “emigrar” como “imigrar”:

Migrou
do Brasil para os Estados Unidos.



Milhões
de italianos migraram para o Brasil.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top